• cataventodaalegria@gmail.com

Degraus a serem vencidos.

Degraus a serem vencidos.

“O sofrimento que aparece em nossa vida não pode ser visto como um processo final. Precisamos olhar os empecilhos como degraus a serem ultrapassados e vencidos.”

Enquanto nossa vida acontece , tranquila , sem dificuldades , os acontecimentos cercados de sorrisos, pela alegria de viver, não nos faz enxergar as pedras do caminho. Porém, quando a dor, através de doenças, perdas de entes queridos, desemprego, traição, falta de liberdade e outras tantas causas, que nos fazem sofrer, quando acontecem, nos faz muitas vezes remover até montanhas. Por que? Geralmente nessas horas, vamos buscar nossa força interior, através de amigos, de religiosidade nas orações, trazendo Deus para nossas vidas. Com a fé, percorremos as dificuldades, com mais esperança e confiança, num futuro melhor. Muitas ocasiões, a fé consegue milagres e renova toda expectativa de um novo dia.
Quando procuramos vencer uma dificuldade, precisamos estar confiantes , sem magoas ou rancor das recordações do passado. Pois ao alcançarmos a cura, se alimentarmos dentro de nós a tristeza, magoa, falta de perdão ou gratidão, curamos o corpo, mas a nossa alma continua adoecida e a doença física, assim voltará.
A dor quando nos alcança, é para nos estimular a avaliar nossas direções, na estrada da vida. Muitos se curvam e se prostram diante da dor, outros se revoltam e não enfrentam as dificuldades para ultrapassar os limites, que o fariam sair do problema. Muitas vezes, só de ouvirmos uma boa palavra, ganhamos vida nova , mais ânimo e disposição, retomando novas diretrizes. E assim mesmo com sofrimento intenso, passamos a ver maneiras diversificadas de um mesmo prisma. Deus não se cansa de oferecer estradas, para que nós continuemos caminhando.
Assim como uma ponte, é transitória, para alcançarmos um outro lado; a fé, a esperança, os cuidados necessários para cada situação , também o são. Quando ultrapassamos os obstáculos do sofrimentos, como atravessamos a ponte, é como recomeçar uma nova caminhada , onde sempre iremos estar melhorados em todos os sentidos.
O nosso projeto de vida, é o mesmo projeto de Deus em nossas vidas? Como saber? Que nos move na vida? O amor, o dinheiro, o egoísmo, ou o que? O que buscamos? Somos úteis? Solidários?
Ninguém é extensão do outro, nem reprodução de ninguém. Há pais que projetam seus sonhos na vida dos filhos, os impedindo de sonhar, gerando sofrimentos muitas vezes, por uma vida inteira. Há pais controladores, outros cuidadores. Quais as dificuldades que você já venceu? Saiu-se melhor depois ?
E muito natural do fraco, atribuir todos os fracassos, a quem, está ao seu redor. É mais nobre, quem consegue reconhecer onde falhou, e recomeçar. Assim sendo, não consideres como infortúnios os acontecimentos imprevistos que te convoquem a mudanças radicais de conduta para melhor. ( T.D.Rueda)
“ É mais ou menos assim que funciona o sofrimento humano. Deus procura enviar diversos tipos de mensagens sobre os erros que cometemos, mas nós não O ouvimos e não mudamos de caminho; insistimos no erro e na ilusão. Quando o homem insiste em permanecer na embriaguez das ilusões do mundo, Deus autoriza que venha a dor, o sofrimento, o desespero, as perdas, etc., para libertá-lo. Dessa forma, autoriza o sofrimento para que, somente assim, possamos encontrar o caminho real e nos transformar. ” ( Hugo Lapa”)
“Sofremos quando somos orgulhosos, egoístas, sempre querendo ser o dono da razão. Não admitindo erros e tropeços dos outros nem os nossos,. E mesmo quando admitimos nossos erros, achamos que tropeçamos porque a pedra estava no nosso caminho. Muitas vezes a pedra sempre esteve lá porém, nós não prestamos atenção por onde vamos e precisamos achar um culpado para nossos .erros. Alguns ao encontrarem pedras os atrapalhando, as removem e constroem castelos. Outros se fazem de vítimas e se deixam cair, com os tropeços. “
“A dor é um alerta de que algo não vai bem, que alguma coisa esta errada conosco. Ela nos serve, para mudança de hábito ou comportamento. Se dói, é porque algo não esta certo. É em vão lutar contra a dor da alma sem a devida mudança interior.”
“Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente.”William Shakespeare
TENHA UM DIA PLENO DE PAZ E ALEGRIAS”

Editor - G.D. Rueda

Desenvolvedor de sistemas, palhaço, DJ, palhaço hospitalar, administrador do site e integrante do grupo Cata-Vento da Alegria.

Deixe o seu comentário.