• cataventodaalegria@gmail.com

As vicissitudes

As vicissitudes

Chove forte a noite, para um amanhecer ensolarado e florido.

Queima fundo no coração o gelo do abandono, para o encontro calmo e amado de um sorriso.

Dores, força, suor e lagrimas, para o parto da vida de bençãos.

Arar a terra e rega-la dia após dia, para colher os frutos da graça do amor.

Choro copioso, desespero e dor, para renascer mais forte, para renascer no amor.

Suplício, calvário e cruz, para sentir, sorrir e amar, para amparar, consolar, suportar, para se acalmar,  descansar e renascer.

As vicissitudes são as molas propulsoras de evolução da consciência humana. Assim como as mares vão e vem elas nos impulsionam ao futuro glorioso que nos aguarda.

 

(Gabriel D. Rueda)

Editor - G.D. Rueda

Desenvolvedor de sistemas, palhaço, DJ, palhaço hospitalar, administrador do site e integrante do grupo Cata-Vento da Alegria.

Deixe o seu comentário.