• cataventodaalegria@gmail.com

Arquivos de: Músicas

Eu Não Sei Na Verdade Quem Eu Sou

Eu não sei na verdade quem eu sou…
já tentei calcular o meu valor…
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou! Por que a gente é desse jeito?
Criando conceito pra tudo que restou
Meninas… são bruxas e fadas…
Palhaço é um homem todo pintado de piadas.
Céu azul é o telhado do mundo inteiro…
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro! Mas eu não sei na verdade quem eu sou… Já tentei calcular o meu valor…
Mas sempre encontro sorriso…
E o meu paraíso é onde estou
Eu não sei… na verdade quem eu sou
Descobrir… Da onde vem  a vida…
por onde entrei… Deve haver uma saída…
mas tudo fica sustentado… Pela fé…
Na verdade ninguém… Sabe o que é…
Velhinhos são crianças nascidas faz tempo.
com água e farinha colo figurinha e foto em documento… Escola… É onde a gente aprende palavrão… Tambor no meu peito faz o batuque do meu coração…
Mas eu não sei na verdade quem eu sou
Já tentei calcular o meu valor
E sempre encontro sorriso… e o meu paraíso é onde estou; Eu não sei na verdade quem eu sou; Perceber que a cada minuto
tem um olho chorando de alegria e outro chorando de luto, tem louco pulando o muro, tem corpo pegando doença
tem gente rezando no escuro, tem gente sentindo ausência; Meninas são bruxas e fadas; Palhaço é um homem todo pintado de piadas. Céu azul é o telhado do mundo inteiro
Sonho é uma coisa que guardo dentro do meu travesseiro; mas eu não sei na verdade quem eu sou, Já tentei calcular o meu valor
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou; Eu não sei na verdade quem eu sou…

O melhor vai começar


Eu quero o sol, Ao despertar
Brincando com a brisa
Por entre as plantas
Da varanda, Em nossa casa
Eu quero amar… É lógico
Que o mundo não me odeia
Hoje eu sou mais romântico
Que a lua cheia….
Você mostrou pra mim…
Onde encontrar assim
Mais de um milhão
De motivos pra sonhar, enfim…
E é tão gostoso ter
Os pés no chão e ver
Que o melhor da vida
Vai começar…..

Composição: Guilherme Arantes

 

EVA

Compositor: HumbertoTozzi, Giancarlo Bigazzi
– Versão: Marcos Ficarelli….

Meu amor, olha só hoje o sol não apareceu
É o fim da aventura humana na Terra…
Meu planeta adeus,… Fugiremos nós dois na arca de Noé… Olha bem meu amor é o final da odisseia terrestre …Sou Adão e você será…
Minha pequena Eva (Eva)
O nosso amor na última astronave (Eva)
Além do infinito eu vou voar… Sozinho com você..
E voando bem alto (Eva) Me abraça pelo espaço de um instante (Eva)… Me cobre com teu corpo e me dá… a força pra viver…

Meu amor, olha só hoje o sol não apareceu
É o fim da aventura humana na Terra… Meu planeta adeus,… Fugiremos nós dois na arca de Noé… Olha bem meu amor no final da odisséia terrestre… Eu sou Adão e você será…
Minha pequena Eva (Eva)
O nosso amor na última astronave (Eva)
Além do infinito eu vou voar… Sozinho com você..
E voando bem alto (Eva)…Me abraça pelo espaço de um instante(Eva)… Me cobre com teu corpo e me dá… a força pra viver…
E pelo espaço de um instante
Afinal não há nada mais que o céu azul pra gente voar Sobre o Rio, Beirute ou Madagascar

Toda a Terra reduzida a nada,a nada mais…
Minha vida é um flash de controles, botões anti-atômicos… Olha bem meu amor,
é o final da odisséia terrestre…
Sou Adão e você será… Minha pequena Eva (Eva)
O nosso amor na última astronave (Eva)
além do infinito eu vou voar, sozinho com você
E voando bem alto (Eva)
Me abraça pelo espaço de um instante (Eva)
me cobre com teu corpo e me dá, a força pra viver Minha pequena Eva (Eva)

O nosso amor na ultima astronave (Eva)
alem do infinito eu vou voar
sozinho com você…

Banda Eva

Sublime

Barquinho de papel… Rede de pescador
Anzol e carretel… Beijo de beija-flor…
Sem compromisso… Só quero agradecer…
O som sublime das ondas na parede…
O azul do céu… Dourado sol e mata verde…
Sem compromisso… Só quero agradecer
Se a canção traduzir…Todo silêncio do ar…
Tem som de mar na concha…Se cada sorriso voar… Se todo amor preencher…Amém!…
Sem sombra de dúvidas…Eu sempre fico zen
*Hoje o dia amanheceu tão lindo
Veio renovando aquele sentimento
Tudo de bom… O mundo fica mais completo
E cheio de beleza… Quando a gente vibra na frequência… Fé no coração* (2X)
( Repetir ) ** A fé no coração pra dizer bom dia!..
A fé no coração pra dizer bom dia!…..

Jammil

Sorte Que Cê Beija Bem

Eu jurei não bater na sua porta…
Olha eu batendo , e quebrando outra promessa
Eu tentei não tocar mais no seu nome…
Mas de cada três palavras , Uma me interessa…
Oh! Você é um problema que eu quero ter
Mesmo sabendo que eu não consigo resolver
Eu prometo que não vou te amar
Porque essa promessa eu vou fazer questão de quebrar…
Sabe o que você tem, Tem sorte que “cê” beija bem…Você é a corda bamba que eu aprendi a andar
Sabe o que você tem Tem sorte que “cê” beija bem… Só me deixar ir
Porque sabe que eu vou voltar

Maiara e Maraísa

Quero Louvar-te

Composição: Randy Thomas / Sam O. Scott / Som Maior

Quero louvar-te… Sempre mais e mais,
Quero louvar-te,… Sempre mais e mais.
Buscar o teu querer
Tua graça conhecer, quero louvar-te…
Quero adorar-te… Sempre mais e mais…
Quero adorar-te… Sempre mais e mais.
Buscar o teu querer…
Tua graça conhecer, quero adorar-te
As aves do céu, cantam para t!
As feras do campo, refletem teu poder.
Quero louvar !Quero levantar as minhas mãos à ti
*Quero louvar-te, sempre mais e mais,
Eu quero louvar-te,sempre mais e mais….
Buscar o teu querer… Tua graça conhecer
As aves do céu, Cantam para ti!
As feras do campo… Refletem teu poder.
Quero cantar …
Quero levantar as minhas mãos à ti!

Paulo César Baruk

Nos Bailes da Vida

Foi nos bailes da vida ou num bar
Em troca de pão….
Que muita gente boa pôs o pé na profissão
De tocar um instrumento e de cantar
Não importando se quem pagou quis ouvir
Foi assim…

*Cantar era buscar o caminho
Que vai dar no sol…
Tenho comigo as lembranças do que eu era…
Para cantar nada era longe tudo tão bom

Até a estrada de terra na boléia de caminhão
Era assim…

Com a roupa encharcada e a alma
Repleta de chão…
Todo artista tem de ir aonde o povo está
Se for assim, assim será…
Cantando me disfarço e não me canso
De viver… nem de cantar…(Repetir desde*)

Lalalalalalala…lalalalala (com palmas)

 

Ninguém Explica Deus

(part. Gabriela Rocha)
(Comp. Clovis Pinho)

*Nada é igual ao Seu redor, Tudo se faz no Seu olhar… Todo o universo se formou no Seu falar!
Teologia pra explicar… Ou Big Bang pra disfarçar..
Pode alguém até duvidar, Sei que há um Deus a me guardar… E eu, tão pequeno e frágil, querendo Sua atenção…
No silêncio encontro resposta certa, então…
Dono de toda ciência, sabedoria e poder…
Oh, dá-me de beber; da água da fonte da vida…
Antes que o haja houvesse, Ele já era Deus…
Se revelou ao seus, Do crente ao ateu…
Ninguém explica Deus… * **(2X)
Ninguém explica, Ninguém explica Deus
Ninguém explica, Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita… Ninguém explica…
Ninguém explica Deus, Ninguém explica…
Ninguém explica Deus, Ninguém explica…
Ninguém explica Deus… E se duvida ou se acredita, Ninguém explica, Ninguém explica Deus!
Dono de toda ciência, sabedoria e poder…
Oh, dá-me de beber da água da fonte da vida…
Antes que o ar já houvesse, Ele já era Deus!
Se revelou ao seus… Do crente ao ateu…
Ninguém explica Deus, Ninguém explica Deus!..

Preto No Branco

Homem de Família

Te olhei, você me olhou Agora minha vida acredita
Nunca acreditei em amor à primeira vista…
**Até você aparecer, do nada…
E arrancar minha cachaça com o seu beijo de batom
Até você aparecer do nada…
E quem diria que do carro agora até tirei o meu som?
E quem me viu, se visse hoje não acreditaria…
Que o cachaceiro virou homem de família
Troquei a noite pelo dia E quem me viu se visse hoje não acreditaria, Deixei o bar, agora é só sorveteria
Só eu e ela, quem diria?
Que o cachaceiro virou homem de família
**** (repetir de**3x)
Que o cachaceiro virou homem de família
Oh Oh Oh
Só eu e ela, quem diria?

Gusttavo Lima

Os Amantes

Compositor Augusto Cesar

 

Qualquer dia, qualquer hora

A gente se encontra…

Seja aonde for, pra falar de amor (Bis)

Pra matar a saudade,Da felicidade…

Dos instantes que juntos passamos

E promessas juramos…

Reviver os momentos, De sonho e de paixão! Das palavras loucas

Vindas do coração

Meu amor…

Ah se eu pudesse te abraçar agora

Poder parar o tempo nessa hora

Prá nunca mais eu ver você partir
(Meu amor) (Bis)

Daniel