• cataventodaalegria@gmail.com

Arquivos de: Mensagens

Palavras e Silêncio – Florian Bernard

      Há algumas coisas que são  lindas demais para serem descritas por palavras. É necessário admirá-las em silêncio para apreciá-las em toda a sua plenitude.

      As grandes falas servem, freqüentemente, para confundir ou doutrinar. Às vezes, o silêncio é mais esclarecedor que um fluxo de palavras. Olhe para uma mãe diante do seu filho no berço. Ele consegue muito bem tudo o que quer sem dizer nenhuma palavra.

       Na realidade, as palavras devem ser a embalagem dos pensamentos. Não adianta fazer longos discursos para expressar os sentimentos de seu coração. Um olhar diz muito mais que um jorro de palavras. Creio que, em sua grande  sabedoria, a natureza nos deu apenas uma língua e dois ouvidos para escutarmos mais e falarmos menos.

      Se as palavras não são mais bonitas do que o silêncio, então é preferível não dizer nada. Quanto mais o coração é grande e generoso  menos úteis são as palavras.  É necessário lembrar do provérbio dos filósofos: as verdadeiras palavras não são sempre bonitas e as palavras bonitas nem sempre são verdades!

        As grandes mentes fazem com que, em poucas palavras, muitas coisas sejam ouvidas. As mentes pequenas acham que têm, pelo contrário, a concessão para falar e não dizer nada. Poucas palavras são necessárias para expressar “eu gosto de você.” Portanto, todas as outras que poderiam ser ditas são supérfluas…e palavras curtas e fáceis de serem ditas, são aquelas que causam as maiores conseqüências.

      São necessários apenas dois anos para que o ser humano aprenda a falar e toda uma vida para que ele aprenda a ficar em silêncio.

      Ser comedido com as palavras é uma prova de profunda sabedoria.      Saber ouvir também.

Fale somente o que te faria bem ouvir; se verdades .Caso contrário silencie!

 

Filho preferido

      Certa vez, dois irmãos querendo saber quem era o filho preferido perguntaram a sua mãe:

     – Mãe qual de nos é o seu filho preferido? Aquele você mais ama?

      E, ela deixando entrever um sorriso respondeu:  “Nada é mais volúvel que um coração de mãe. E como mãe,  lhes respondo:  O filho dileto, que mais amo  é “aquele a quem me dedico de corpo e alma”. É o meu filho doente, até que SARE.

O que partiu, até que VOLTE. O que está cansado, até que DESCANSE.

  O que está com fome, até que se ALIMENTE.

O que está com sede, até que BEBA.

O que está estudando até que APRENDA.

O que está  nu, até que se VISTA.

O que  não trabalha, até que se EMPREGUE.

O que namora, até que se CASE.

O que casar, até que CONVIVA.

 O que é pai, até que seus filho CRIE.

O que prometeu, até que CUMPRA.

O que deve, até que PAGUE.

O que chora, até que se CALE.

E já com o semblante bem distante daquele sorriso, completou:  O que já me deixou,  até que eu REENCONTRE.

       AMO À TODOS  POR IGUAL INTENSAMENTE.  E O PREFERIDO É AQUELE QUE , NO MOMENTO, ESTÁ PRECISANDO DE MAIOR CARINHO E ATENÇÃO.

Desejo – Victor Hugo

     Desejo primeiro que você ame,e que amando, também seja amado.E que se não for, seja breve em esquecer. E que esquecendo, não guarde mágoa.   Desejo, pois, que não seja assim,mas se for, saiba ser sem desesperar.

     Desejo também que tenha amigos, que mesmo maus e inconseqüentes, sejam corajosos e fiéis, e que pelo menos num deles você possa confiar sem duvidar. E porque a vida é assim. Desejo ainda que você tenha inimigos.Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes,você se interpele a respeito de suas próprias certezas.E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.   Desejo depois que você seja útil, mas não insubstituível.e que nos maus momentos,quando não restar mais nada,essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

     Desejo ainda que você seja tolerante. Não com os que erram pouco, porque isso é fácil, Mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que fazendo bom uso dessa tolerância, Você sirva de exemplo aos outros.

     Desejo que você, sendo jovem,não amadureça depressa demais, e que sendo maduro, não insista em rejuvenescer e, que sendo velho, não se dedique ao desespero.Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

     Desejo por sinal que você seja triste,não o ano todo, mas apenas um dia.Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom,o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

     Desejo que você descubra, com o máximo de urgência, acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

     Desejo ainda que você afague um gato,alimente um cuco e ouça o joão-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal, porque, assim, você se sentirá bem por nada.

     Desejo também que você plante uma semente, por mais minúscula que seja,e acompanhe o seu crescimento,para que você saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.

     Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,porque é preciso ser prático.E que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga “Isso é meu”,só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

     Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você, mas que se morrer, você possa chorar sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

     Desejo por fim que você sendo homem, tenha uma boa mulher e que sendo mulher, tenha um bom homem e que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,   e quando estiverem exaustos e sorridentes,ainda haja amor para recomeçar.  “E se tudo isso acontecer, não tenho mais nada a te desejar”.

Victor Hugo

A história do lápis

 

O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por acaso, é uma história sobre mim?

A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.

O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!

-Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo:

“Primeira qualidade:Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade”.

“Segunda qualidade: De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor.”

“Terceira qualidade:O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é, necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça”.

“Quarta qualidade: O que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.”

“Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços,  assim, procure ser consciente de cada ação, deixando marcas que gostaria de ter em seu coração.

———————————————————————————————————-

Tenha sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos… Mas o que é importante não muda… a tua força e convicção não têm idade.
O teu destino é como qualquer teia de aranha. Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida. Atrás de cada conquista, um novo desafio.Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo. Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.Não viva de fotografias amareladas… Continue, quando todos esperam que desista.Não deixe que enferruje o ferro que existe em você. Faça com que, em vez de pena, te respeitem . Sonhe, sonhe sempre e lute pelos seus sonhos.Quando não conseguir correr através dos anos, trote. Quando não conseguir trotar, caminhe.Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.Mas nunca, nunca se detenha!”

TENHA UM EXCELENTE DIA… , REPLETO E AMOR E ALEGRIA!

Carta de um Verdadeiro Amigo

Conte comigo, mesmo sem contar a mim, tanta coisa que lhe pesa no coração, que lhe amargura e resseca o fundo d’alma.

Conte, nas horas mais abandonadas da vida, quando o olhar, vagando em derredor, só divisar desertos.
Conte comigo, mesmo sem vontade de contar com ninguém ou ,certo de que não vale a pena contar com mais ninguém, nesta vida.
Conte comigo, devagarinho, deixando que a boa vontade vá dizendo, sem nada forçar, à medida em que acreditar.
Conte, durante as agonias, que, de um tempo para cá, não deixam em paz seu cansado coração, pois o bom da vida consiste em encontrar um amigo.
Conte, nas horas inesperadas, quando as tempestades despregam repentinas e tombam por cima da sua cabeça triste.
Conte comigo, para reaprender a cantar, durante a vida, e a viver de serenas e pequeninas felicidades.
Conte comigo, para eu ajudá-lo a ter um rosto bom e quieto, ao menos na presença dos filhinhos menores, que vivem dos rostos abertos.
Conte, para auxiliá-lo no amargo carregamento de sua cruz, se a sentir pesada.
Conte comigo, para ficar sabendo que há na vida muitas coisas lindas, coisas desconhecidas e que são premiados aqueles que vencem a sua dor.
Conte, para triunfar, no ritmo vagaroso do dever, na cadência da paz diária, aprendendo a teimar com as teimas da vida cotidiana.
Conte, que são largos os caminhos da vida, esperando a companhia de amigos que vão na mesma direção da conversa.
Conte comigo, para saber olhar ao alto, buscando a face de um Pai.
Conte, mesmo para não se entregar aos desânimos e desencantos, de quem anda cheio da vida, do começo ao fim.
Conte comigo, que venceremos juntos.
Conte, que a vida tem que ser bela, criando em nós as belezas, de dentro para fora, obrigação do coração, missão da Fé.
Conte comigo, conte sempre, teimando com você mesmo, aprendendo a perdoar, ofendido que foi, descrente que anda.
Conte quando, olhando para a frente, não sente vontade de andar; olhando para trás, tem medo do caminho que andou.
Conte comigo, para que tenha valor e beleza cada passo seu, cada dia da vida, cada hora dentro de cada dia.
Conte, conte mesmo, sabendo que Deus me deu a missão de fazer companhia aos desacompanhados corações dos homens.

Seu melhor amigo!

Saber a hora de parar

“Viver de acordo com as expectativas do outro é suicídio.” (Roberto Shinyashik)

     Em nossa jornada na vida, de tempos em tempos, necessitamos pausar; nos distanciarmos um pouco de nossa rotina habitual e avaliarmos se estamos nos conduzindo para nossas metas . Aquilo que sonhamos para nossa existência, tem a ver com que estamos vivenciando no momento?
Quando estamos muito envolvidos em determinadas situações, as quais estão nos fazendo perder tempo, energia e muitas vezes nossa saúde, não praticando mais com alegria coisas que antes nos eram agradáveis; não fazendo uma pausa, poderemos destruir elos importantes de nossos relacionamentos e machucarmos quem está ao nosso redor, pois muitos vícios destrutivos podem atingir aqueles que nos momentos difíceis, estão também ausentes de uma fé produtiva e fortalecedora.
Quando ficamos doentes, buscamos a cura e se não mantivermos nossa confiança naquele profissional que nos dá o cuidado, dificultamos o tratamento. Assim também é nossa confiança em nosso futuro. Quando estamos depreciando o que fazemos, nossa esperança em um futuro melhor;  nossos planos, começam não mais acontecer.  Por isso se tornou lei  aqui em nosso país, a obrigatoriedade de não se vender as férias do vinculo empregatício, como era muito comum em algumas empresas, que não queria perder o auxilio do bom profissional que  acabava adoecendo por esgotamento físico e mental, pela falta do repouso necessário  e muitas vezes, entrando em depressão por, passar a não ter férias por vários anos; e em consequência não mais, ter vida pessoal ou; bombardeando um relacionamento por irritabilidade ou cansaço. O repouso temporário em todas as atividades, é um bem necessário.
Muitas vezes, quando não paramos em determinadas situações em nossa maneira de levar a nossa caminhada. A própria vida nos trás uma pausa forçada. A doença, um acidente que nos faz parar a corrida louca de afazeres sem fim; e aí a situação de não termos condição de parar, acontece de qualquer maneira. A sabedoria Divina, aproveita estes momentos de “freio” que tivemos e traz muitas ou na maioria das vezes, o redirecionamento de nossa caminhada.
Se esta é a sua condição atual; ore e medite. A parir de agora, qual vai ser a minha direção? A partir daí, siga seu coração.

T.D.Rueda

As cinco Bolas

     Imaginem a vida como um jogo, no qual vocês fazem malabarismo com cinco bolas que lançam ao ar. Essas bolas são : -o trabalho, a família, a saúde , os amigos e o espírito.

     -O trabalho  é uma bola de borracha  se cair, bate no chão e pula para cima.Mas as outras quatro são de vidro. Se caírem ao chão, quebrarão e ficarão permanentemente danificadas.Entendam isso e busquem o equilíbrio com a vida. Como?

      -*Não diminuam seu próprio valor, comparando-se com outras pessoas. Somos todos  diferentes. Cada um de nós é um ser especial.

     -*Não fixem seus objetivos com base  no que os outros achem importantes. Só você está em condições de escolher, o que para você; é o melhor!

     -*Dêem valor e respeitem as coisas mais queridas aos seus corações . Apeguem-se a elas como a própria vida, Sem elas a vida carece de sentido.

     -*Não deixem que a vida escorra entre os dedos, por viver no passado ou  no futuro. Se viverem um dia de cada vez, viverão todos os dias de suas  vidas.

    -*Não desistam, quando ainda são capazes  de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar. Não temam em admitir que não são perfeitos.  Não temam enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a nos proteger.

      -* Não excluam o amor de suas vidas dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber o amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiadamente a si mesmo. A melhor forma de manter o amor, é dar-lhe asas.

      -* Não corram tanto pela vida a ponto de esquecerem onde estiveram e para onde vão. Não tenham medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente.

      -* Não usem imprudentemente o tempo ou as palavras. Não se podem recuperar. A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo.Lembrem-se:- Ontem é história, Amanhã é mistério e Hoje, é uma dádiva . Por isso é chamado PRESENTE.

Brian Dyson

Perdoar hoje, amanhã e sempre

Perdoa agora, hoje e amanhã, incondicionalmente. Recorda que todas as criaturas trazem consigo as imperfeições e fraquezas que lhe são peculiares, trazemos também as nossas. .E assim sendo, perdoar a falha que o outro pode ter, abre o caminho, para que também por sua vez, possam nos perdoar.’

Reconhecer um erro pode ser um grande desafio para algumas pessoas… O orgulho é o principal culpado por não permitir que um pedido de perdão seja feito. Mas afinal, por que é tão difícil se desculpar por algo que você sabe que está errado?

Sentir vergonha por ter cometido um erro é normal, na verdade é totalmente justificável. Você errou e está constrangido por ter sido injusto e agido de modo incorreto com determinada pessoa.

Por mais difícil que possa ser, não deixe que a vergonha bloqueie o seu pedido de perdão. Convide a pessoa que precisa receber as suas desculpas para conversar e seja sincero, não tenha medo de abrir o seu coração.

Se você errou, peça desculpas… É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado? ( Cecília Meireles) “

A principal barreira para a maioria das pessoas na hora de pedir perdão é o orgulho e o medo de ferir a autoestima. Cientistas publicaram um estudo na European Journal of Social Psychology afirmando que o pedido de desculpas e o reconhecimento do erro contribuem para uma diminuição na autoestima e confiança daqueles que erraram. Assim, muitas pessoas, na tentativa de manter o ego e a autoestima intactos, ignoram a necessidade de se desculpar pelos seus erros.

O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte. (Mahatma Gandhi)”

Porém, os pesquisadores também alertam que as pessoas que não reconhecem os seus erros e pedem perdão por eles, não conseguem manter relações sociais afetivas e duradoras. 

 Porque nunca serei perdoado(a) ? Este pode ser o motivo que tanto dificulta o seu pedido de desculpas, mas o fato é o seguinte: você nunca saberá se será ou não perdoado se não se desculpar!

Quando partida, a confiança pode demorar muito tempo para se recuperar, mas você não terá uma oportunidade de se redimir se não admitir o seu erro para a pessoa prejudicada e se desculpar.

Não é fácil, mas definitivamente este é o primeiro passo rumo a reconciliação!

Perdoar enriquece a alma, pedir perdão alivia a consciência”. ( João Paulo Diniz)

Você quer perdoar? Então decida. Perdão é uma decisão. Você quer mesmo ,perdoar?…

Então, ao decidir, decida também… Se você diz que perdoou apenas porque aceitou o culpado, mas lembra a ele de seu erro sempre que ele erre; então, você não o perdoou; apenas o sequestrou a você. O perdão não tira a nossa memória dos fatos, mas tira a emoção deles,

Ninguém é obrigado a ficar com ninguém mesmo depois de perdoar o ofensor…Aliás, até para que duas pessoas se separem é essencial que se perdoem… No entanto, se decidem continuar perdoadamente juntos, então, que o tema da ofensa não volte nunca mais…

Cada ofensa… é uma ofensa… Quem perdoa lida com uma ofensa de cada vez, não com o montante delas pois, se a cada nova ofensa tudo voltar…, é porque perdão nunca houve.

Jesus mandou perdoar até 70X7 ( setenta vezes sete vezes) o mesmo individuo em um só dia… Mas a cada perdão não se deve trazer a multidão dos outros para o encontro com a verdade… Ou, então, melhor é não dizer que se perdoou…O grande desafio do perdão é desistir da ofensa do outro como direito nosso contra ele! Quem perdoa não perde a memória, mas desiste do direito de acusar ou de reter a memória como raiva ou crédito… Por isto o perdão é um ato de fé e não de emoção…

Somente pela fé que antes olha para o próprio perdão que se recebe de Deus todos os dias…, é que alguém pode praticar o perdão como decisão de graça e como privilégio…

TENHA UM DIA PLENO DE PAZ, ESPERANÇA e PRATICA DE PERDÃO, COM MUITA ALEGRIA!!!”

Concórdia

“Se um homem possui alguma grandeza em si mesmo, vem para iluminar — não em uma hora de brilho especial, mas em todos os momentos de seu trabalho diário.” (Berilo Markham)

       Um  homem trabalhou o mês todo e então recebeu seu salário. Feliz, foi fazer as compras da família.

 Voltando para casa, ele quis guardar os alimentos na despensa. A esposa, que fazia companhia à sogra já idosa e ainda cuidava dos três filhos menores do casal, mantendo perfeita ordem e limpeza, foi ajudá-lo.

     Passado um tempo, a família foi pegar mantimentos para o uso diário. Qual não foi a surpresa ao verem que os pacotes de alimentos estavam danificados! Olha de cá, olha de lá, constataram sinais claros de que

algum roedor passara por ali. Nossa, um rato! Que horror! O marido voltou-se para a esposa, cobrando-lhe medidas de higiene. Esta, aborrecida e magoada, lembrou-lhe que sempre cuidara de tudo com carinho e dedicação. Estabeleceu-se um conflito silencioso entre o casal…

     O filho mais velho argumentou que dias antes vira um ratinho correndo pelo quintal. Com certeza ele viera da rua por onde vizinhos deixavam correr restos de alimentos e outros detritos. A culpa era dos vizinhos! A mãe, sentindo-se livre do peso da acusação anterior do marido, lembrou que havia um buraco no armário, um pedaço de madeira meio apodrecido. Talvez o bichinho tivesse entrado por ele. Tudo bem que os vizinhos depositavam sujeira na rua, mas se o marido tivesse feito o conserto do armário, que ela vinha lhe pedindo, isso poderia ter sido evitado… Ali mesmo, cresceu a dúvida entre o casal…

     O filho do meio, muito apaziguador, quis contornar a situação. Confessou que deixara restos de comida na despensa, com pressa de voltar ao futebol com os amigos, esquecendo-se de jogar o embrulho no lixo, como lhe pedira a mãe. Pediu desculpas aos pais, prometendo mais atenção, no futuro.

     A esta altura, o pai ficou enraivecido. Primeiro, a esposa não lhe dera razão; mas ele era o chefe da casa! Depois, veio cobrar-lhe um conserto que ele não tinha tempo para fazer. E agora descobria que o filho andava pela rua com garotos que não eram boa companhia. Aquilo era demais! O que fazia a mulher, que não via essas coisas?

     A mãe, emocionada pela atitude do filho, protestou: “Marido, o menino é um bom garoto e merece um divertimento, inclusive porque só anda em boas companhias”. Ela insistiu que acompanhava a rotina dos filhos, sim! Não precisava ser lembrada dos seus deveres! E o clima familiar ficou ainda mais tenso…

     Nisso, o filho menor, cheio da sinceridade dos pequenos, começou a rir gostosamente. Ria alto e bom som. Teria enlouquecido? Zombava dos pais? O pai perguntou-lhe: “Menino, o que foi? Diga logo, se não quiser ficar de castigo!” O garoto respondeu: “Pai, você e a mãe sempre nos dizem pra resolver as coisas, não é? Mas ficam aí brigando, em vez de aproveitar e consertar o armário, jogar fora a comida estragada, limpar tudo e aproveitar o que está bom. Enquanto vocês brigam, eu tô vendo o ratinho bem ali, ó…”- e apontou para um cantinho do cômodo.

     Gritos e correria geral! De fato, lá estava o terrível roedor, com seus olhinhos vermelhos… Foi então que a avó, que acompanhara tudo em silêncio, espantou o bicho indesejado com uma vassoura e começou a limpar o armário. Pediu a ajuda de todos, que atenderam de imediato, um tanto envergonhados. Depois, ela foi buscar martelo, pregos e um pedacinho de madeira, pedindo que o filho reparasse o armário. Em poucos minutos tudo estava consertado, limpo e arrumado. E a boa mulher saiu dali com passinhos miúdos, silenciosa como de costume. Não criticou e não acusou ninguém; também não apresentou desculpas. Ela fez o que podia, pedindo a ajuda necessária ao grupo, contagiando a todos com seu exemplo singelo e honesto. Então se retirou, deixando ao seu redor um rastro de paz, como que um perfume de bondade…

     Apenas o neto mais novo foi abraçar-se a ela, dando-lhe um beijo estalado na face, dizendo-lhe: ”Obrigado, vó!” Os demais se concentraram em absorver a lição do momento: sinceridade, bom senso, paciência, perseverança, atenção à própria tarefa e ausência de críticas e julgamentos apressados resolvem qualquer conflito. Quando o armário da mente está limpo, o ratinho da discórdia não permanece

ali… E quando a sujeira apareça, é bom que cada um cuide de fazer a sua parte na limpeza…

TENHA UM DIA MUITO FELIZ E ABENÇOADO! HOJE E SEMPRE!!!

A Grandeza de Deus

      Na maioria dos programas expostos,  na TV,  se fala da grandeza divina de uma maneira tão deturpada, que  no interesse de se tirar o dinheiro do povo, se modifica até os valores de uma religião.      O  que é religião? Religião é a nossa ligação com o elo divino. Deus é Pai amoroso e quer o bem de todos os seus filhos. A justiça divina, está  e estará sempre presente naquele que vive com realidade, as leis de amor e por isso jamais ficará  desamparado, em momento algum.

     O TER, é a consequência do SER! Mas não deve ser a busca exclusiva o TER; quando não se aprendeu a SER. O dever de uma fé religiosa, seja ela qual for, não é ensinar ao ser humano que vai em busca de um fortalecimento de alma, que os valores materiais são tão importantes, que passam a ser o primordial em suas vidas.  A base de um lar, ainda é o AMOR. Lar em que o amor não faz parte de uma rotina diária, dificilmente haverá equilíbrio financeiro, alegria, saúde, prosperidade e avanços intelectuais.

     “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará”… “Pedi e obtereis”…”Coloque seu fardo em meu ombro e eu os aliviarei”… São mensagens trazidas até nós que nos inspiram confiança e esperança de uma vida próspera e feliz e de amparo celestial. Isso é muito verdadeiro e percebemos o quanto o é, quando oramos e sentimos nossos caminhos se cobrirem de benções nas horas das dificuldades da vida.

    Mas isso é tudo? É claro que não! Nossos valores morais, nosso respeito ao código de éticas, o respeito do limite ao próximo , também devem conviver no nosso dia a dia fazendo parte de uma rotina saudável de trabalho, lazer, estudo, dedicação aos seres queridos. A fé renovadora e presente na vida de todos nós, sem importar qual seja o rótulo religioso, é que move o futuro promissor cheio de esperanças, de sonhos e concretizações de projetos , muitos destes que trazem benefícios à humanidade de uma maneira em geral.

     Quando evoluímos em conhecimentos, aprendemos a respeitar os que nos cercam, a  valorizarmos a vida, seja ela qual for,  estaremos assim fazendo parte da verdadeira grandeza divina.

     Deus em sua infinita bondade e sabedoria, dotou todos os seus filhos dos bons e dos maus sentimentos, para que aprendêssemos o que é bom e o que é ruim e a separarmos o que é melhor para nós. Quando   orientados no bem , nos evangelhos, nos templos, ou mesmo fora deles , seremos conduzidos a um mundo melhor.      Respeitando nossos  limites, valorizando nosso corpo, não infringindo normas de excessos de espécie alguma; zelamos pelo nosso bem  e o bem comum.

     Qual a igreja perfeita para uma família? Quais as faces de uma igreja? O que é uma igreja verdadeira?

A verdadeira igreja é onde se apregoa  a palavra de Deus. Deve haver de tempos em tempos o confronto da palavra de Deus, com o nosso cotidiano ; verificar se nossas atitudes estão dentro deste parâmetro.

     Há pessoas perfeitas, há os puros ? Já dizia Jesus, o Joio e o trigo cresceriam juntos e Ele os selecionaria. Quem decide o que é o melhor da igreja. Eu? Você? Com certeza;   somos livres para julgar . Livres para escolher qual o melhor caminho condutor de nossa fé religiosa. Assim como um corpo tem muitos membros, assim é a nossa fé . Deus é como  o corpo;  a crença, é como parte desse corpo, que nos conduz a um corpo perfeito e saudável, direcionado por Deus. Toda igreja faz sua parte, atuando  como um membro; mas não comandando  o corpo inteiro.

A igreja deve valorizar a minha vontade, mais que a sua? A igreja nivela a todos. Todos somos iguais perante Deus. Faça sua parte. Quando estiver em qualquer igreja, sinta a presença de Deus. Se ele não estiver presente em seu coração, nesse templo, siga suas metas e o procure  . Com certeza você o encontrará !

Hinos e louvores, nos tiram do orgulho solitário, nos unindo ao fortalecimento da alma, nos trazendo paz, conforto, serenidade…

A GRANDEZA  DE  DEUS, está em todo Universo; na beleza da flor, no ar que respiramos, nas aves que voam, nos rios que correm, nas noites estreladas, na chuva que limpa a poeira das estradas e nos traz a vida nas plantações em forma de alimentos. Mas antes de tudo a grandeza de Deus está dentro de nós e aonde quer que pensarmos veremos a sua atuação. A fé nessa grandeza, nos traz a saúde, o trabalho, a alegria a felicidade em nossa caminhada terrena.

TENHA UM DIA ABENÇOADO E FELIZ! HOJE E SEMPRE!